Dica: Como passear com dois cachorros ao mesmo tempo

caminhada-2-caes-coleira-acoplador-double-twin-chumbo-nylon-coleira-frete-gratis-jpg_640x640Ter dois cachorros em casa é uma delícia, pois tudo acaba sendo em dobro, e haja energia para dar dar conta de tanto amor! Entre todas as responsabilidades, passear com cachorro se torna uma tarefa um pouco desafiadora, pois o ritmo de cada cão é diferente: eles podem ficar agitados e saírem puxando a guia para lados opostos, um pode parar no meio do caminho enquanto outro sai correndo, etc. Muita coisa pode acontecer e é essencial que você saiba lidar com isso. O importante é nunca deixar de levar os cães para caminhar! (mais…)

Estudo quer reduzir uso de drogas veterinárias

rebanho-bovinoO projeto Verdevet desenvolve pesquisas para reduzir o uso de drogas em bovinos de leite no controle de três doenças principais que afetam o rebanho: diarreia de bezerros, carrapato e mastite. Tratamentos alternativos e boas práticas de manejo têm apresentado resultados promissores.

O uso inadequado ou indiscriminado de medicamentos veterinários na produção animal aumenta os riscos associados à resistência aos antibióticos e antiparasitários e as chances de surgimento e propagação de bactérias e parasitas resistentes. Para combater essa tendência, a Embrapa Pecuária Sudeste (SP) tem feito estudos com homeopatia, fitoterapia, adição de mineral e controle biológico. Algumas pesquisas já foram concluídas, como homeopatia e utilização de zeólita, um tipo de mineral para controle da diarreia em bezerros. (mais…)

Diabetes Canina, Felina e Equina

diabetes-em-animais-de-estimacao-1De repente, o pâncreas desacelera a produção de insulina. Então, o organismo do animal deixa de transformar em energia toda a comida da tigela. Parte vira glicose – que, sem insulina, fica dando sopa no sangue, fora das células. O bicho até continua devorando tudo o que o dono lhe oferece, mas só faz perder peso, bota a língua para fora, esbaforido, em qualquer caminhada à toa, não topa nenhuma brincadeira e vive sedento. São esses, aliás, os sinais do diabete nos cachorros, mal que vem se tornando uma das queixas mais frequentes nas clínicas veterinárias.

“No cenário moderno, os cães vivem mais tempo e praticam pouca atividade física. Está aí a justificativa: a idade avançada e o sedentarismo são os dois principais fatores para o aparecimento da doença”. E, segundo veterinários, há outro motivo para o salto no número de casos: “Hoje em dia as pessoas têm uma relação mais estreita e cuidadosa com seus animais de estimação. Desse modo, correm ao veterinário quando notam qualquer sinal errado, o que favorece uma maior quantidade de diagnósticos. Talvez, no passado, muitos cães morressem diabéticos sem que os donos fizessem a menor idéia”. É bem provável: esses cachorros viveram mal e morreram precocemente. (mais…)

Mercado mundial precisa valorizar mais os alimentos brasileiros, diz ministro interino

00mapa_ministerio_agriculturaO Brasil tem consciência da importância de seu papel na segurança alimentar, na conservação da biodiversidade e na redução dos impactos das mudanças climáticas, destacou o ministro interino da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Eumar Novacki, durante o seminário comemorativo aos 10 anos da moratória da soja, nesta quarta-feira (19), em São Paulo. Para ele, é preciso agora que o mundo também reconheça isso, valorizando e comprando mais os alimentos produzidos pelos agricultores brasileiros. “Ao importar nossos produtos agropecuários, o mercado internacional está contribuindo para a preservação do nosso grande ecossistema.”

Novacki disse que o agronegócio brasileiro tem dois desafios pela frente: agregar valor aos seus produtos e atrair o mercado mundial para financiar a preservação ambiental. “O Brasil já está fazendo a sua parte, com investimentos em pesquisa e tecnologia. Isso permite aos nossos agricultores produzir cada vez mais e melhor num mesmo espaço de terra.” Os ganhos de produtividade, acrescentou, têm possibilitado ao país reduzir os impactos ambientais, o que precisa ser valorizado pelo mercado global. O ministro interino estava acompanhado no evento pelo assessor especial do Mapa para o meio ambiente e sustentabilidade, João Campari. (mais…)

Startups: o agronegócio e as revoluções tecnológicas

a73f237d07a04ef1ad0d64fcaceecb05Novos modelos de negócios surgiram e criaram uma verdadeira revolução em questão de empreendedorismo, tecnologias e aceleradoras que garantem uma oportunidade com retornos financeiros.  Assim vistas como revoluções tecnológicas, as startups também ganharam seu lugar no agronegócio e devem estar presentes ainda mais nos próximos anos.

Startups é uma organização humana estruturada para desenvolver um modelo de negócios para um produto, processo ou serviço de natureza inovadora.  Francisco Jardim, sócio fundador da SP Ventures explica que investir em startups, principalmente no Brasil e na atual conjuntura econômica, é uma alocação de capital de alto risco. Então a percepção de insegurança não está de certa forma toda errada.  “É importante entender que esta insegurança, que nós do mercado de investimentos chamamos de risco, também significa uma oportunidade para obter maiores retornos. Nenhuma classe de ativos oferece uma oportunidade de ganho tão alto quanto o investimento numa startup de tecnologia. Mas é fundamental que o processo de seleção e acompanhamento da startup seja feito com muito profissionalismo e critério técnico”, salienta Francisco. (mais…)

Genéricos já representam 38% das vendas de defensivos

00pulverizador_agrotoxico_defensivo_Os defensivos genéricos, ou pós-patente, já respondem por uma fatia de nada menos que 38% do mercado total dos agroquímicos. Apenas no ano passado, esse segmento movimentou US$ 3,65 bilhões de um total de US$ 9,6 bilhões em herbicidas, inseticidas, fungicidas e tratamento de sementes, de acordo com dados da Consultoria alemã Kleffmann.

Segundo a pesquisa, o Brasil deve continuar liderando o crescimento do mercado global de agroquímicos. Enquanto o avanço nas vendas de defensivos agrícolas é projetado em 3% anuais no nível global, o crescimento no País será de 6% ao ano até 2019, prevê o estudo. Com isso, a receita dos genéricos subiria para US$ 12 bilhões. (mais…)

Balança do agronegócio tem superávit de US$ 57,57 bi no acumulado do ano

992cb5fba80c49ae9ba81a10cbb90eadAs exportações brasileiras do agronegócio alcançaram US$ 67,36 bilhões de janeiro a setembro deste ano, crescimento de 0,6% em relação ao mesmo período de 2015. As importações, por sua vez, somaram US 9,79 bi. Com isso, a balança foi superavitária em US$ 57,57 bi. Os dados foram divulgados nesta sexta-feira (7) pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

Segundo a Secretaria de Relações Internacionais do Agronegócio (SRI), os produtos de origem vegetal foram os que mais contribuíram para as vendas externas do setor no período. Um dos destaques é o complexo sucroalcooleiro. Só o açúcar cresceu 37,5%, com uma receita de US$ 7,37 milhões. (mais…)

Brasil vai dobrar disponibilidade de trigo para consumo humano

e746e7717b074464beb527e42873f7baO Brasil deverá dobrar sua disponibilidade de trigo para consumo humano em 2016 na comparação com a temporada do ano passado. A projeção é do analista sênior da Consultoria Trigo & Farinhas, Luiz Carlos Pacheco.

O volume previsto de colheita de trigo bom para moagem no Paraná nesta temporada (3,32 milhões de toneladas) é equivalente ao volume total de trigo para moagem que o Brasil colheu na safra anterior. No ciclo 2015/16, foram obtidas 5,5 milhões de toneladas, das quais 2,3 milhões de toneladas de trigo forrageiro, impróprio para consumo humano.  (mais…)

Quando um cão não quer brincar com você, a culpa pode ser sua

Pesquisadores afirmam que nem sempre damos os sinais certos aos cachorros para iniciar uma brincadeira

Quando chamamos um cachorro para brincar e não temos um retorno, sempre achamos que ele está com preguiça ou sem vontade no momento. Mas saiba que a culpa pode ser sua!

Um estudo revelou que muitos sinais que os humanos dão aos cães quando querem brincar são ineficazes. Enquanto o cérebro humano entende alguns gestos como um convite para a brincadeira, para os cachorros estamos apenas balançando as mãos sem motivo aparente.

Os pesquisadores pediram que os voluntários brincassem com seus cachorros por 5 minutos no conforto de seu lar e gravassem esse momento. Eles deveriam brincar como normalmente fazem, mas não podiam usar nenhum brinquedo ou objeto.

Ao analisar os vídeos, os pesquisadores identificaram os 35 gestos mais usados pelos tutores quando chamam seus cachorros para brincar, como bater a mão no chão, bater palmas, empurrar ou encostar no cachorro, se inclinar, assoprar, latir ou pegar as patas do cão.

cachorro-deitado (mais…)

Soja selvagem é cultivada pela primeira vez no Brasil

sojaPela primeira vez, o Brasil semeou soja selvagem para estudar seu comportamento e identificar suas diferentes características. Ao todo, foram avaliadas 21 espécies, a maioria originária da Austrália. A regeneração e o armazenamento dessas sementes permitem ampliar a variabilidade genética da soja.

As espécies foram armazenadas no Banco Ativo de Germoplasma (BAG), uma coleção de sementes mantida pela Embrapa Soja em Londrina (PR), considerado o terceiro maior banco da leguminosa no mundo com cerca de 35 mil acessos. O trabalho de regeneração e catalogação dessas espécies começou a ser feito nas casas de vegetação da Embrapa Soja no início de 2016 e está praticamente concluído. “É a primeira vez que essas sementes foram catalogadas no Brasil dentro de casas de vegetação”, conta o pesquisador Marcelo Fernandes de Oliveira, curador do BAG da Embrapa Soja. (mais…)